Banner

postheadericon Com show de Toró e apagão, São Paulo elimina Chape da Copinha

Na noite desta quinta-feira, praticamente um ano depois, São PauloChapecoense se reencontraram pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. Dessa vez, melhor para o time do Morumbi que venceu por 2 a 0, com dois golaços de Toró no segundo tempo e eliminaram os catarinenses da competição. A partida ainda contou com apagão aos 35 minutos da etapa final no Estádio Santa Cruz.

Agora, o Tricolor Paulista vai enfrentar o Botafogo-SP novamente. A equipe de Ribeirão Preto derrotou a Ponte Preta por 1 a 0 e também chegou à próxima fase. Os dois se enfrentaram na fase de grupos da competição e os meninos do Tricolor atropelaram o Fogão, vencendo por 4 a 0.

O jogo – O São Paulo dominava a posse de bola, mas era muito lento e previsível. A primeira boa chegada foi da Chapecoense aos 9 minutos, com Alan que mandou à direita do gol defendido por Júnior. O time catarinense tinha contra-ataque perigoso e excelente marcação.

Aos poucos, o Tricolor conseguia com seu toque de bola envolvente criar alguma oportunidade. Em boa trama, Liziero fez cruzamento direto para o gol e acertou o travessão de Tiepo, a equipe do Morumbi conseguia controlar o jogo, mas não conseguia criar chances reais e precipitava algumas jogadas, com chutes de longa distância que não deram em nada.

A chance mais clara da partida no primeiro tempo, foi da Chape aos 41 minutos, o centroavante Alan recebeu belo lançamento, mas acabou mandando por cima do gol e perdeu. A proposta dos catarinenses de se defender deu muito certo na primeira etapa; a equipe não levou pressão e conseguiu chegar com mais perigo do que o São Paulo. Mas, no geral, o primeiro tempo foi de um jogo bem fraco.

O São Paulo voltou para a etapa complementar buscando a vitória, Tuta finalizou de fora da área, mas Tiepo, que fazia boa partida encaixou firme, sem dar rebote. Mas assim que a chuva voltou no Estádio Santa Cruz, a partida voltou a ficar feia, com muita disputa entre as equipes.

Aos 15 minutos, o árbitro expulsou o zagueiro Ruan, após falta dura, e a partir da expulsão as coisas se complicaram para os catarinenses, pois Toró marcou um lindo gol, acertando um chute de rara felicidade de fora da área, acertando o ângulo.

Seis minutos depois, o Tricolor ampliou, de novo com Toró. Dessa vez, o atacante puxou para o pé direito e mandou no ângulo, sem chances para Tiepo. Depois, o técnico Jardine fez algumas alterações, colocando Diego e Fabinho, nos lugares de Walce e Gabriel Novaes. Aos 35 minutos, a partida foi interrompida, pois acabou a luz no Estádio Santa Cruz.

Após 20 minutos de paralisação, a bola voltou a rolar em Ribeirão Preto e o São Paulo acabou perdendo o zagueiro Diego, expulso após cometer falta dura, o jogador já tinha o amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. A Chapecoense ainda lutou muito, mas não conseguiu diminuir e o Tricolor venceu por 2 a 0.

fonte: gazetaesportiva.com.br

Última atualização (Sex, 12 de Janeiro de 2018 00:33)