Banner

postheadericon Shakhtar vence, encerra sequência do Manchester City, e vai às oitavas de final

A missão era difícil: derrotar o Manchester City, que vinha de uma sequência de 20 vitórias e estava 100% na Liga dos Campeões. Mas, o Shakhtar Donetsk provou que pode ir longe na competição europeia. Em casa e com show dos brasileiros, venceu os ingleses por 2 a 1, com gols de Bernard e Ismaily, e garantiu o segundo lugar no Grupo F, deixando o Napoli para trás. Agüero descontou no fim para o time de Guardiola, que avançou em primeiro, mas com a segunda melhor campanha no geral.

CLASSIFICAÇÃO

Já classificado e em primeiro lugar, o Manchester City perdeu a chance de ter a melhor campanha da fase de grupos. Com a derrota para o Shakhtar, o time de Guardiola ficou atrás do Paris Saint-Germain no saldo de gols.

 

O Shakhtar Donetsk chegou aos 12 pontos conquistados e avançou como o quarto melhor segundo colocado da competição.

 

Veja como terminou a fase de grupos

 

PRIMEIRO TEMPO

Com o primeiro lugar garantido, Guardiola lançou um time bem modificado à campo e pagou o preço. O Manchester City até teve mais posse de bola ao longo da primeira etapa e tomou a iniciativa, mas não conseguia furar a defesa do Shakhtar, muito bem postado taticamente. Aos poucos, os ucranianos conseguiram encaixar contra-ataques rápidos, sempre puxados por Marlos e Taison, e chegou aos gols: aos 25 minutos, Bernard chutou de fora da área e mandou no ângulo para fazer um golaço. Aos 31, Ismaily foi lançado, Ederson saiu mal do gol e o lateral ampliou. E ainda poderia ter sido mais: ao todo, foram 10 finalizações do Shakhtar antes do intervalo.

 

SEGUNDO TEMPO

O Manchester City voltou mais atento para o segundo tempo, mas não conseguiu traduzir o volume de jogo em gols. Novamente, o Shakhtar equilibrou as ações e a vitória passou a ser questão de tempo. Guardiola até tentou mudar o time, colocou Agüero no lugar de Fernandinho, alterando o esquema tático, mas os ucranianos seguiam dando poucos espaços. Gabriel Jesus, pouco inspirado, perdeu boas chances, mas ainda sofreu um pênalti nos acréscimos. Agüero cobrou e diminuiu, mas já era tarde. Após o apito final, muita comemoração em campo do time da casa, que está mais uma vez nas oitavas da Liga dos Campeões.

 

fonte: globoesporte.globo.com