Banner

postheadericon René Simões anuncia fim da carreira como técnico e vira coach de Carille

 

René Simões não voltará a treinar mais nenhuma equipe no futebol brasileiro. Aos 64 anos, ele anunciou o fim da carreira como técnico e afirmou que, agora, vai se dedicar exclusivamente ao seu projeto de "coaching" esportivo.

René, inclusive, afirmou que atualmente tem trabalhado como "mentor" de cinco treinadores do futebol brasileiro, incluindo o comandante do Corinthians, Fábio Carille.

- Da carreira de técnico eu sai. Me aposentei. Agora eu trabalho como coach. Trabalho atualmente com seis treinadores. Cinco no Brasil e um na Jamaica. Só quem eu posso falar é o Fábio Carille, do Corinthians, e o Lucho Nizzo, do America-RJ. O restante eu não posso falar ainda porque eles não divulgaram - afirma o treinador ao GloboEsporte.com por telefone.

De acordo com René Simões, o trabalho com o técnico Fábio Carille tem sido feito desde o início do ano, quando acabou saindo do Macaé-RJ. No último mês de julho, por exemplo, ele visitou o Centro de Treinamento do Corinthians para fazer uma visita ao "pupilo".

- Eu não falo de partida tática, técnica, de escalação de jogadores. Eu só falo da parte comportamental, como administrar o ego, gerenciar conflitos, a questão do media training. Também faço apresentação de palestras, de vídeos motivacionais. De vez em quando eu faço uma visita. Mas fazemos esse trabalho também pelo Whatsapp, pelo Skype - diz René.

Além de Fábio Carille, René Simões ainda conta que tem desempenhado o trabalho com empresários de outros ramos e revela como o processo ajudou no retorno do tradicional America à elite do Campeonato Carioca recentemente.

- Além dos técnicos, eu faço esse trabalho de coaching com uma pessoa de Miami (nos Estados Unidos), além de empresários. É uma ferramente excepecional. Fazemos a avaliação da pessoa, como é a sua empatia, os seus atributos, os seus valores, o comportamento. No America, faltavam sete rodadas para acabar a fase de classificação. O America estava em uma situação horrível e fizemos esse trabalho com o Lucho. Deu muito certo - conta o ex-treinador atualmente morando na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

fonte: globoesporte.globo.com

 

Última atualização (Qui, 12 de Outubro de 2017 00:56)