Banner

postheadericon Tite aparece como 15º melhor técnico do mundo em lista de revista inglesa

Famosa por suas listas, a revista inglesa “Four Four Two” lança, nesta semana, mais uma delas. Desta vez, a dos 50 melhores técnicos da última temporada. O único brasileiro presente é Tite, comandante da seleção brasileira. Ele aparece em 15º, à frente de nomes como Jorge Sampaoli, treinador da Argentina, e Luis Enrique, ex-técnico do Barcelona.

A revista está divulgando os nomes ao longo desta semana, e a lista ainda não está completa. Faltam os cinco primeiros colocados. Até agora, os mais bem posicionados são o português Leonardo Jardim, que levou o Monaco ao título francês e à semifinal da Liga dos Campeões da Europa, o italiano Carlo Ancelotti, do Bayern de Munique, Pep Guardiola, do Manchester City, Jurgen Klopp, do Liverpool, e o holandês Peter Bosz, vice-campeão da Liga Europa com o Ajax e que acertou recentemente com o Borussia Dortmund.

Pelas ausências até o momento, o top-5 deve ser formado por Zidane, técnico campeão espanhol e bicampeão seguido da Liga dos Campeões da Europa com o Real Madrid, Massimiliano Allegri (Juventus), Antonio Conte (Chelsea), José Mourinho (Manchester United) e Diego Simeone (Atlético de Madrid). Na lista de 2016, Tite apareceu na 41ª posição. Ele já estava à frente da seleção brasileira, mas apareceu pelo trabalho feito no Corinthians. O líder foi Diego Simeone.

O comandante do Brasil é o único representante do país na lista. Além dele, há somente outros quatro treinadores que não trabalham na Europa: Jorge Sampaoli, técnico da Argentina (21º colocado), Marcelo Gallardo, técnico do River Plate (18º colocado), e os uruguaios Diego Alonso, do Pachuca-MEX (39º colocado), e Guillermo Almada, do Barcelona de Guayaquil (45º). Ao justificar a posição de Tite, a revista enaltece a mudança de ambiente na Seleção e as oito vitórias seguidas nas eliminatórias.

– Quando Tite chegou ao novo emprego, ele começou a chamar os jogadores e disse a cada um deles: “Não quero saber dos problemas do passado. É uma nova era agora”. Eles seguiram até onde ele os liderou. Marcelo está de volta à sua melhor forma. Thiago Silva teve a braçadeira de capitão em um amistoso contra a Argentina depois de meses de abandono, Paulinho não se assemelha a nada do jogador que nunca se firmou em White Hart Lane, e até David Luiz foi chamado novamente depois da brilhante temporada no Chelsea – escreve a revista.

Confira a lista até agora, do 6º ao 50º colocado:

OS MELHORES TÉCNICOS DO MUNDO

POS/TÉCNICO CLUBE/SELEÇÃO
6º Leonardo Jardim Monaco
7º Carlo Ancelotti Bayern de Munique
8º Pep GuardiolA Manchester City
9º Jurgen Klopp Liverpool
10º Peter Bosz Borussia Dortmund
11º Mauricio Pochettino Tottenham
12º Joachim Löw Alemanha
13º Lucien Favre Nice
14º Maurizio Sarri Napoli
15º Tite Brasil
16º Ronald Koeman Everton
17º Julian Nagelsmann Hoffenheim
18º Marcelo Gallardo River Plate
19º Gian Piero Gasperini Atalanta
20º Marcelino Garcia Valencia
21º Jorge Sampaoli Argentina
22º Luis Enrique sem clube
23º Eusebio di Francesco Roma
24º Luciano Spalletti Inter de Milão
25º Ralph Hasenhuttl RB Leipzig
26º Rui Vitória Benfica
27º Unai Emery PSG
28º Jorge Jesus Sporting
29º Giovanni van Bronchkorst Feyenoord
30º Ernesto valverde Barcelona
31º Arsene Wenger Arsenal
32º Eduardo Berizzo Sevilla
33º Rafa Benítez Newcastle
34º Thomas Tuchel sem clube
35º Senol Gunes Besiktas
36º Kurban Berdyev Rubin Kazan
37º Brendan Rodgers Celtic
38º Eddie Howe Bournemouth
39º Diego Alonso Pachuca
40º Michael O’Neill Irlanda do Norte
41º Philipp Cocu PSV
42º Marco Silva Watford
43º Mark Sampson Seleção feminina da Inglaterra
44º Massimo Carrera Spartak de Moscou
45º Guillermo Almada Barcelona de Guayaquil
46º Barak Bakhar Hapoel Be’er Sheva
47º Christien Streich Freiburg
48º Emma Hayes Time feminino do Chelsea
49º Gheorhe Hagi Vitorul Constanta
50º David Wagner

Huddersfield

fonte: globoesporte.globo.com