Banner

postheadericon Atlético Nacional passa europeus e lidera ranking da IFFHS; Galo é melhor do Brasil

ela primeira vez em 25 anos, um clube não europeu lidera o ranking da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS). A entidade divulgou a lista de 2016 com o Atlético Nacional, da Colômbia, no topo. O time verdolarga deixou Real Madrid, Barcelona, PSG e Shakhtar Donetsk para trás. O Atlético-MG é o melhor brasileiro no ranking. O Galo aparece em 13º.

O atual campeão da Libertadores foi apenas o 62º colocado no ranking de 2015. Entretanto, teve um excelente ano em 2016. Além do torneio continental, foi vice na Copa Sul-Ameriana, campeão colombiano, campeão da Copa da Colômbia e campeão da Supercopa da Colômbia. A participação no Mundial de Clubes também lhe rendeu pontos. O Barcelona havia sido o líder no ano passado e também esteve na ponta em 2011 e 2012. Em 2013, o Bayern foi o primeiro, e em 2014, o Real Madrid.

Além do Atlético-MG, outras seis equipes brasileiras aparecem no Top-100: Grêmio (34º), São Paulo (36º), Corinthians (44º), Palmeiras (45º), Chapecoense e Flamengo (ambos em 94º). Em 2015, o Internacional havia sido o melhor do país na lista, ao aparecer e18º. A entidade também divulga rankings mensais, nos quais equipes não europeias já lideraram.

O ranking da IFFHS é feito desde 1991 e pontua cada vitória, empate ou derrota das equipes nas diferentes competições. Cada torneio tem um peso distinto, o que faz liderança do Atlético Nacional ainda mais surpreendente. Enquanto o Campeonato Colombiano tem nível 3, o Brasileirão e as principais ligas da Europa possuem nível 4. A Libertadores e a Liga dos Campeões têm pesos iguais.

Veja o Top-10

 

 

  1. Atlético Nacional: 383 pontos
  2. Real Madrid: 310 pontos
  3. Barcelona: 280 pontos
  4. PSG: 262 pontos
  5. Shakhtar Donetsk: 260,5 pontos
  6. Bayern de Munique: 254 pontos
  7. Borussia Dortmund: 250 pontos
  8. Sevilla: 248 pontos
  9. Atlético de Madrid: 239 pontos
  10. Juventus: 234 pontos
  11. fonte: globoesporte.globo.com